Terça-feira, 28 de Outubro de 2008

Apenas uma asa para voar...!!!

Há muito tempo atrás, depois do Mundo ser criado e da vida completá-lo, houve num dia, numa tarde de céu azul e calor ameno, um encontro entre Deus e um de seus incontáveis anjos.

Deus estava sentado, calado. Sob a sombra de um pé de jabuticaba. Lentamente sem pecado, Deus erguia as suas mãos e então colhia uma ou outra fruta. Saboreava a sua criação negra e adocicada. Fechava os olhos e pensava. Permitia-se um sorriso piedoso. Mantinha o seu olhar complacente. Foi então que das nuvens um de seus muitos arcanjos desceu e veio na sua direcção. Ele tinha lindas asas brancas imaculadas. Ajoelhou-se aos pés de Deus e disse:

"Senhor, visitei a sua criação como me pediu. Fui a todos os cantos. Estive no Sul e no Norte, No Leste e Oeste. Vi e fiz parte de todas as coisas. Observei cada uma das suas crianças humanas. E por ter visto, vim até ao Senhor para tentar entender. Por que cada pessoa sobre a terra tem apenas uma asa?

Nós anjos temos duas. Podemos ir até ao amor que o senhor representa sempre que desejarmos. Podemos voar para a liberdade sempre que quisermos. Mas os humanos com uma única asa não podem voar. Não podem voar com apenas uma asa."

Deus na brandura dos gestos, respondeu pacientemente ao seu anjo:
"Sim, Eu sei disso. Sei que fiz os humanos com apenas uma asa."

Intrigado, o anjo queria entender e perguntou:

"Mas porque o Senhor deu aos homens apenas uma asa, quando são necessárias duas asas para se poder voar, para se poder ser livre?"

Conhecedor de todas as respostas Deus não teve pressa para falar. Saboreou outra jabuticaba, e então respondeu:

"Eles podem voar sim... Para voar, tu precisas das tuas duas asas e embora livre, estás sempre e estarás sozinho. Mas os humanos, com apenas uma única asa, precisarão sempre de dar as mãos a alguém para terem as suas duas asas.

Aprenderão a respeitarem-se pois se partirem ou se amachucarem a única asa da outra pessoa, podem estar a acabar com a sua própria oportunidade de voar.

Eles aprenderão a amar verdadeiramente outra pessoa.

Aprenderão que somente permitindo-se amar eles poderão voar. Tocando a mão de outra pessoa, num abraço correcto e afectuoso, num gesto de bondade, eles poderão encontrar a asa que lhes falta e poderão voar através do amor. E nunca estarão sozinhos quando forem voar."

 

 

Deus silenciou-se no seu sorriso e o anjo compreendeu o que não precisava ser dito...

 

 

Falcão Sossegado

Publicado por Falcão Sossegado às 19:00

Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 21 de Outubro de 2008

Essas Histórias...

 

Histórias...

Sim... Histórias...

Histórias essas que não significam nada,

quando não se tem ninguém para quem contá-las...

 

 

 

 

Beyond the door there's peace I'm sure,
And I know there'll be no more tears in Heaven.

 

I must be strong and carry on,
'Cause I know I don't belong here in Heaven.

 

 

Publicado por Falcão Sossegado às 23:28

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 13 de Outubro de 2008

Acordei de um sonho!!!

Acordei violentamente dos meus sonhos várias vezes esta noite.

Chorei demasiadamente em todos eles com recordações que me não abandonavam.

Senti-te abraçar-me todas as vezes, com teus braços meigos velando o meu sono, velando-me a mim.

Encostei o meu corpo ao teu, encaixando-me em ti, como peça de um puzzle que só a ti pertence, e aproveitei cada momento do teu abraço para me proteger de mim mesmo, dos meus desatinos e desafios e sonhar um sonho calmo, lindo e terno... sonhar contigo.

 

 

Mas infelizmente acordei e só aí me apercebi que não era real.

Que tudo não passava de ilusão que não era possível, que aquele momento era apenas uma miragem, ver te, ter te, tocar te, sentir te!!!

Bolas... Tanto... desejo junto e sem eu tirar partido do mesmo...

Levantei-me lavei meu rosto e voltei a deitar-me será que é desta que eu esqueço o que sinto o que me faz ainda viver, o que me faz sofrer, o meu ser é pequeno demais para tanto...Queria esquecer mas não consigo, pelo menos posso pensar e desejar para me poder libertar e então quem sabe se assim conseguir, um dia tentar esquecer...

Porra... mas eu sei, que não vou esquecer...

 

 

Falcão Sossegado

 

Publicado por Falcão Sossegado às 04:27

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Tribos, o jogo online gratuito

@Tá muito lento...

relojes web gratis

@Eu mesmo...

@Pesquisar neste blog...

 

@Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

@Palavritas Actuais...

@ Ouve apenas o meu olhar.....

@ Reserbem tudo, carago...

@ São Gonçalo de Gaia 2011

@ A Diferença entre o Paraí...

@ “A Vaquinha”

@ Um Escuteiro pode realmen...

@ No planalto da Zambujeira...

@ A minha História Perdida....

@ Marés Vivas 2009...

@ Voar... para me libertar....

@ Busco na simplicidade...

@ No meu sossego...

@ O Galo Angustiado

@ O Lenhador e a Raposa...

@ A BOMBA D'ÁGUA

@ Pato ou Cisne ???

@ Acreditar e Agir...

@ São Gonçalo sai à rua, pa...

@ Feliz Ano Novo de 2009

@ Com vontade de escrever.....

@Há muito Tempo...

@ Fevereiro 2013

@ Março 2011

@ Janeiro 2011

@ Julho 2010

@ Outubro 2009

@ Agosto 2009

@ Julho 2009

@ Abril 2009

@ Março 2009

@ Fevereiro 2009

@ Janeiro 2009

@ Dezembro 2008

@ Novembro 2008

@ Outubro 2008

@ Setembro 2008

@ Agosto 2008

@ Maio 2008

@ Fevereiro 2008

@ Janeiro 2008

@ Dezembro 2007

@ Novembro 2007

@ Outubro 2007

@ Setembro 2007

@Links...

@Navegando na Web...

@ Um Sonho de Menino... Che...

@ Perdi-te e (não) te encon...

@ O Piaçabeiro Mor avança m...

@ Há concerteza milhares de...

@ Escuteiros

@ " ... escuteiro uma vez.....

@Á distância de um simples Clique ...

Falcão Sossegado Leão Manhoso simplesmentehumana Lobitos Exploradores O Azul O Azul O Azul Filmes Diários Filmes, Mp3, Ebooks, Software, jogos e muito mais GRÁTIS no Pirata Tuga! Desbloqueio grátis de telemóveis Nokia

@Subscrever feeds

AddThis Social Bookmark Button
AddThis Feed Button
blogs SAPO
badge
badge