Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007

Feliz Ano Novo

Vivemos com o que recebemos,
mas marcamos a vida com o que damos.

Neste Novo Ano que está prestes a iniciar, desejo a todos aqueles que visitam este blog, Amor, Felicidade, Saúde.

Feliz Ano de 2008
Publicado por Falcão Sossegado às 19:07

Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

Milagre de Natal

Quero neste Natal

Desejar não somente que tenha muitas felicidades neste dia

Mas sim que Milagres te dominam,

E te faça perceber que Natal

Não está somente na virada do dia 24 de Dezembro para o dia 25,

Mas está em todos os dias do ano.

Nesta virada está apenas a concretização de todos os desejos

Feitos durante todo o ano que se passou.

A noite de Natal é fantástica

A cidade fica toda iluminada,

As pessoas sorridentes,

E em instante tudo fica em paz...

O Milagre do Natal

Está no nascimento de nosso salvador

Jesus Cristo,

Ele com toda certeza não deseja um único instante de paz,

Mas deseja que todos tenham um milagre dentro de si.

O céu se ilumina,

Em homenagem a este dia tão sagrado entre todas as famílias.

Os pedidos são de prosperidade, paz e amor...

Mas se Natal é todos os dias do ano,

Por que então deixar para desejar felicidades

Somente em um único dia destes 365???

O Milagre de Natal está no sorriso que no dia-a-dia

Encontramos nas pessoas andando nas ruas,

Nas crianças brincando,

Enfim

O Milagre Natalino está no desejo de cada um de ser feliz.

Pois Milagres existem sim,

Principalmente com tamanha benção de Deus,

Muitas Glórias, Conquistas e Emoções podem ser desejadas

Pois o Natal do dia 25 está chegando,

Faça seus desejos e acredite em todos eles,

Pois estão prestes a se concretizar nesta noite especial...

FELIZ NATAL!!!

E MUITA PROSPERIDADE NESTE DIA

E EM TODOS OS DIAS DO ANO

QUE ESTÁ PRESTES A NASCER!!!

Publicado por Falcão Sossegado às 20:43

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Como é o teu Natal ?


Uma criança perguntou-me o que era o Natal para mim e eu tive dificuldade em responder, porque eu falava de coisas estranhas que a criança não entendia !!!

Falei-lhe de um Menino e ele falou-me de um velho de barbas brancas…

Falei-lhe de uma gruta com animais e ele falou-me de um centro comercial…

Falei-lhe de silêncio e oração e ele falou-me de aparelhagens de música ruidosa…

Falei-lhe de um presépio e ele falou-me duma árvore com bolas, sininhos e luzinhas…

Falei-lhe da família e ele disse-me que vivia só com a mãe, porque os pais estavam separados…

Falei-lhe da missa do galo e ele falou-me da televisão…

Que fizeram do meu Natal?!
Estarei num planeta diferente?!
Viverei fora do tempo?!

Feliz Natal
Falcão Sossegado
Publicado por Falcão Sossegado às 12:51

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 16 de Dezembro de 2007

O Vale dos Sentimentos

Um pai, vendo o jovem e inexperiente filho possesso de ódio e fúria, tomado de um ciúme doentio pela namorada que vira conversando com outro rapaz, chamou-o para um canto e contou-lhe a seguinte história:

Havia um lugar chamado Vale dos Sentimentos e lá moravam todos os sentimentos do mundo. Cada qual com seu nome: Alegria, Tristeza, Sabedoria, Determinação e outros.
Apesar de serem tão diferentes, se davam muito bem.
Até os sentimentos como o Orgulho, Tristeza e Vaidade não tinham problemas entre si. Mas era lá no fundo do vale, na última casinha que morava o mais bonito dos sentimentos: o Amor.
Ele era tão bom que, quando os outros sentimentos chegavam perto dele, ficavam mudados. Isso acontecia porque dentre todos eles o Amor era o melhor.
Porém, no mesmo vale, num lugar mais afastado havia um castelo.
Lá, neste castelo também morava um sentimento, só que não tinha nada de bom. Era o lar da Raiva. E a Raiva, de tão ruim que era, não gostava dos outros moradores do vale. Por isso, quando acordava de mau humor, fazia de tudo para estragar a beleza do lugar.
Certo dia teve uma idéia. Foi até o calabouço e então preparou uma poção mais esquisita e estraga prazeres de que se tem notícia. A fumaça que se ergueu da poção tomou conta do lugar e do vale todo; e se transformou numa tempestade como nunca se tinha visto antes.
Quando o vale se encheu de raios, chuva e vento, todos correram para se proteger.
O Egoísmo foi o primeiro a se esconder, deixando todos para trás.
A Alegria deu risadas de alívio por ter se salvado rapidinho.
A Riqueza recolheu tudo o que era seu, antes de se abrigar.
A Tristeza, a Sabedoria, a Vaidade... todos conseguiram chegar em suas casas a tempo... menos o Amor.
Ele estava tão preocupado em ajudar os outros sentimentos que acabou ficando para trás. Então uma coisa ruim aconteceu: um raio cortou os céus.
Ouviu-se um estrondo gigantesco e um corpo caiu ao solo.
A raiva deu sua tarefa por cumprida e retirou-se para dormir.
Quando a tempestade passou, os sentimentos todos puderam abrir suas janelas aliviados. Mas ao saírem, eles sentiram uma coisa diferente no ar.
- O que aconteceu com o amor? - perguntavam entre si
- Ele não se mexe; afirmou outro dos sentimentos.
- Tá tão parado que até parece que morreu - exclamou outro.
Nesse momento a Tristeza começou a chorar; o Orgulho não aceitava. Disse que tudo era mentira. A Riqueza afirmava que era um desperdício e a Alegria, pela primeira vez, verteu lágrimas pelos olhos.
Foi nesse instante que uma coisa estranha começou a acontecer.
Os sentimentos começaram a ter desavenças porque sem o Amor para uni-los, as diferenças apareceram.
A situação já estava bem ruim quando eles repararam que estavam sendo observados. Alguém que eles nunca tinham visto por ali antes. Então o estranho se ajoelhou na frente do Amor... tocou-o calmamente... e ele abriu os olhos.
- Ele não morreu.
O amor não morreu! - gritavam os outros sentimentos.
Foi aí que todos puderam ver o rosto do estranho, seu nome era Tempo.
Todos comemoraram, porque o Amor estava vivo e sempre estará! Porque não há nada que possa acabar com o amor, enquanto o Tempo estiver ao seu lado para ajudá-lo.
Assim a paz voltou a reinar no Vale dos Sentimentos. O Amor e o Tempo se casaram e tiveram três filhos. Os nomes deles são: Experiência, Perdão e Compreensão. E moram juntos hoje e para todo o sempre no Vale dos Sentimentos, bem lá no fundo daquele lugar que se chama CORAÇÃO.
Após ouvir a história o jovem, chorando, agradeceu o pai dando-lhe um abraço e saiu correndo em busca da namorada para pedir desculpas e voltar a viver sua grande paixão com a segurança própria daqueles que amam de verdade...

Publicado por Falcão Sossegado às 23:44

Link do post | Comentar | Ver comentários (3) | Adicionar aos favoritos
|
Domingo, 9 de Dezembro de 2007

Eu Próprio !?


Hoje eu sinto-me uma pessoa insegura.

Eu sei o que voçês me vão dizer, que devo permanecer calmo e ter alguma paciência,

que não me devo preocupar pelo facto de ainda não ter encontrado ninguém, pois é algo que poderá acontecer mais cedo ou mais tarde.
Sei que terei de ser apenas eu próprio a encontrar alguém que goste de mim por aquilo que sou.
Talvez terei de ser mais extrovertido por forma a que me conheçam melhor, acima de tudo tenho o dever de mostrar o meu verdadeiro eu.

Mas como já disse, tenho de ter paciência e tenta encontrar alguém de quem eu goste verdadeiramente e que sinta o mesmo por mim.

Hoje não sou contra a opinião de uma amiga: SimplesmenteHumana

"O amor realmente é fodido"

Custa tanto gostar de alguém e não poder estar com ela, sonhar-mos e quando acordar-mos vermos que nada é real!

Mas também não ando com uma rapariga só para poder dizer que estou a andar com alguém. Isso seria um dos piores erros que poderia cometer, mas nem toda a gente pensa assim...

Espero encontrar a minha alma gémea, porque há sempre alguém no mundo que é a nossa alma gémea.

E mais cedo ou mais tarde, irei encontrá-la.

 

Até breve

 

Falcão Sossegado

Sinto-me:
Publicado por Falcão Sossegado às 23:23

Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|
Tribos, o jogo online gratuito

@Tá muito lento...

relojes web gratis

@Eu mesmo...

@Pesquisar neste blog...

 

@Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

@Palavritas Actuais...

@ Ouve apenas o meu olhar.....

@ Reserbem tudo, carago...

@ São Gonçalo de Gaia 2011

@ A Diferença entre o Paraí...

@ “A Vaquinha”

@ Um Escuteiro pode realmen...

@ No planalto da Zambujeira...

@ A minha História Perdida....

@ Marés Vivas 2009...

@ Voar... para me libertar....

@ Busco na simplicidade...

@ No meu sossego...

@ O Galo Angustiado

@ O Lenhador e a Raposa...

@ A BOMBA D'ÁGUA

@ Pato ou Cisne ???

@ Acreditar e Agir...

@ São Gonçalo sai à rua, pa...

@ Feliz Ano Novo de 2009

@ Com vontade de escrever.....

@Há muito Tempo...

@ Fevereiro 2013

@ Março 2011

@ Janeiro 2011

@ Julho 2010

@ Outubro 2009

@ Agosto 2009

@ Julho 2009

@ Abril 2009

@ Março 2009

@ Fevereiro 2009

@ Janeiro 2009

@ Dezembro 2008

@ Novembro 2008

@ Outubro 2008

@ Setembro 2008

@ Agosto 2008

@ Maio 2008

@ Fevereiro 2008

@ Janeiro 2008

@ Dezembro 2007

@ Novembro 2007

@ Outubro 2007

@ Setembro 2007

@Links...

@Navegando na Web...

@ Um Sonho de Menino... Che...

@ Perdi-te e (não) te encon...

@ O Piaçabeiro Mor avança m...

@ Há concerteza milhares de...

@ Escuteiros

@ " ... escuteiro uma vez.....

@Á distância de um simples Clique ...

Falcão Sossegado Leão Manhoso simplesmentehumana Lobitos Exploradores O Azul O Azul O Azul Filmes Diários Filmes, Mp3, Ebooks, Software, jogos e muito mais GRÁTIS no Pirata Tuga! Desbloqueio grátis de telemóveis Nokia

@Subscrever feeds

AddThis Social Bookmark Button
AddThis Feed Button
blogs SAPO
badge
badge