Quinta-feira, 25 de Setembro de 2008

Perdi-te e (não) te encontrei...

Mais um início de semana...

O despertador tocou, eu ainda ensonado levantei-me da minha cama onde descansei durante umas horitas, o avanço da hora me obrigara a correr, só tive tempo para engolir o pequeno almoço.

Parecia um dia de Inverno em pleno início de Outono ...

A chuva que caía certinha era como se caísse em compassos certos com pausas entre o Lá e o Fá como uma sinfonia muito simétrica, mas era tão límpida e cristalina que me lavava o rosto...

Saí apreçado para o meu trabalho e nem me lembrei de ti, o habito de me lembrar de ti logo pela manhã era sempre especial, mas naquele dia só dei conta do sucedido quando já ía no bus.

Aí pensei ! Que se passa ? Nem me lembrei de ti !

Como é que posso ter-me esquecido ? Onde estás tu ?

Todos os dias te via, te desejava tocar, acariciar, queria-te proteger, porque és diferente de todas as outras !

Mas, e agora... não percebo... Eu perdi-te!!!

Então decidi procurar-te... Olhei para um lado e para outro e novamente para o outro, enfim olhei para todos os lados e não te vi, nas ruas, nos cafés e nos passeios, em todos os locais onde eu paro... E nada... Mas não descansei...

Já no trabalho só pensava em ti... pensava onde estavas, como estavas !

Na hora do almoço senti a tua falta... Tua maneira de ser é especialmente única era como se fosses a minha bola de cristal, teu maciço de poder é único e eu naquele momento senti um vazio dentro de mim. Fiquei transtornado com o meu sentimento, a tristeza me invadiu, meus vasos sanguíneos ficaram à flor da pele, meu coração batia tão rápido que parecia que ía explodir, e eu ali extasiado, bloqueei... parei no tempo !

Onde estás agora ?

Naquele momento, senti um arrepio que de repente... estremeceu todo o meu corpo, dos pés à cabeça. Então procurei lá no fundo do íntimo do meu ser, e perguntei a mim mesmo: Será que isto é somente um sonho ? Eu realmente tinha a perdido e estava perdido ao mesmo tempo, sem saber o que fazer.

Já lá mais para o fim do dia, já no exterior do meu trabalho olhei para o céu cinzento, até ele parecia triste, passo a passo continuei o meu caminho de volta a casa, lentamente seguia eu agora já não tirava os olhos de nada na rua, nos passeios, nas paragens e até no bus.

Sinceramente já não sabia o que fazer, estava acomodado à opção de que te tinha perdido.

De volta a casa, nem vontade tinha para ver as noticias, e jantar... quase que foi como uma obrigação. Foi um dia daqueles que nem vontade de ligar o computador eu tinha, mas também para quê liga-lo... tu não estavas na net à minha espera, e claro que também nem nada nem ninguém me era capaz de dizer onde tu estavas.

Chegou a hora de me deitar e o sono não existia, puxei os lençóis para trás, e peguei na almofada nesse momento havia algo estranho, entre a fronha e a almofada um peso morto fazia com que o meu braço não suporta-se a almofada...

Quase como um calafrio eu gelei e revirei a almofada por momentos tive vontade de a rasgar, mas depois de vagarzinho lá  te mostras-te, lá estavas tu novamente, vieste parar à minha mão.

Afinal dormis-te comigo e estavas em segurança e eu a pensar que te tinha perdido.

Perfeita, única e uniforme... Eras tu mesma. És a minha companheira diária, levo-te para todo o lado. Só tu me compreendes minha querida "ESFERA".

 

Autor:

Eu mesmo...

 

 

 

Um dia, voltarei a este post e explico o porquê da esfera...

 

Falcão Sossegado

Publicado por Falcão Sossegado às 00:41

Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
1 comentário:
De marcio a 8 de Fevereiro de 2010 às 16:25
Não voltou para explicar,
e ja faz um tempo...

aguardo...

Comentar post

Tribos, o jogo online gratuito

@Tá muito lento...

relojes web gratis

@Eu mesmo...

@Pesquisar neste blog...

 

@Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

@Palavritas Actuais...

@ Ouve apenas o meu olhar.....

@ Reserbem tudo, carago...

@ São Gonçalo de Gaia 2011

@ A Diferença entre o Paraí...

@ “A Vaquinha”

@ Um Escuteiro pode realmen...

@ No planalto da Zambujeira...

@ A minha História Perdida....

@ Marés Vivas 2009...

@ Voar... para me libertar....

@ Busco na simplicidade...

@ No meu sossego...

@ O Galo Angustiado

@ O Lenhador e a Raposa...

@ A BOMBA D'ÁGUA

@ Pato ou Cisne ???

@ Acreditar e Agir...

@ São Gonçalo sai à rua, pa...

@ Feliz Ano Novo de 2009

@ Com vontade de escrever.....

@Há muito Tempo...

@ Fevereiro 2013

@ Março 2011

@ Janeiro 2011

@ Julho 2010

@ Outubro 2009

@ Agosto 2009

@ Julho 2009

@ Abril 2009

@ Março 2009

@ Fevereiro 2009

@ Janeiro 2009

@ Dezembro 2008

@ Novembro 2008

@ Outubro 2008

@ Setembro 2008

@ Agosto 2008

@ Maio 2008

@ Fevereiro 2008

@ Janeiro 2008

@ Dezembro 2007

@ Novembro 2007

@ Outubro 2007

@ Setembro 2007

@Links...

@Navegando na Web...

@ Um Sonho de Menino... Che...

@ Perdi-te e (não) te encon...

@ O Piaçabeiro Mor avança m...

@ Há concerteza milhares de...

@ Escuteiros

@ " ... escuteiro uma vez.....

@Á distância de um simples Clique ...

Falcão Sossegado Leão Manhoso simplesmentehumana Lobitos Exploradores O Azul O Azul O Azul Filmes Diários Filmes, Mp3, Ebooks, Software, jogos e muito mais GRÁTIS no Pirata Tuga! Desbloqueio grátis de telemóveis Nokia

@Subscrever feeds

AddThis Social Bookmark Button
AddThis Feed Button
blogs SAPO
badge
badge